[DIVULGAÇÃO] Programação do I Simpósio Interdisciplinar do Dia da Consciência Negra
16 novembro

[DIVULGAÇÃO] Programação do I Simpósio Interdisciplinar do Dia da Consciência Negra

I Simpósio Interdisciplinar do Dia da Consciência Negra

Quarta-feira, 16/11/2016

8:00 às 18:00 – Credenciamento e entrega de materiais – Hall do CCH

8:30 –  Intervenção artística – Nila Bittencourt – Auditório Setorial

9:00Ritual de Licença com a Yalorixá Mãe Dedé da casa Ylé Ashé Yemowá – Auditório Setorial

9:00Mesa de Abertura do Evento com Prof Dr. Saulo Ribeiro dos Santos, Prof Dra. Mônica de Narazé Ferreira de Araújo, Prof Dr. Carlos Benedito Rodrigues da Silva, prof. Dra. Nair Portela, Prof Dr. Francisco de Jesus de Sousa e  Prof Ms. Maria da Graça Reis Cardoso, Profª. Drª. Kátia Evangelista Regis – Auditório Setorial

9:30 Conferência de abertura com o Prof. Dr. Sales Augusto Santos – Auditório Setorial

10:30 – Mesa redonda – sobre “Mulher negra na sociedade” com Ms. Claudimar Alves Durans, Prof Ms. Silvane Magali Vale Nascimento, Luiza Mendes, Francilene do Carmo Cardoso, mediada pela Mestranda Grace Kelly Silva Sobral Souza – Auditório Setorial

12:00 – Pausa para o almoço

14:00 às 16:00  – Apresentação de trabalhos – Auditório Setorial, Auditório A – Mário Meireles, Auditório B – Ribamar Caldeira

16:00 às 18:00 – Oficina de contos africanos com Esp. Luanda Martins Campos e Claudionice Alves Durans graduanda em Pedagogia – Auditório A – Mário Meireles; Oficina de Tranças com Luizela Domingas Soares Mendonça Lopes graduanda em Turismo – Auditório B – Ribamar Carvalho

16:30 – Apresentação da proposta de resolução sobre ações afirmativas na UFMA – Comissão de trabalho de formulação da proposta de resolução – Auditório Setorial

18:00 – Lançamento dos livros: Vem cá curiá o Cacuriá de Inara Conceição Melo Rodrigues. Da terra das Primaveras à ilha do amor; reggae, lazer e identidade cultural do Dr. Carlos Benedito Rodrigues da Silva. O caminho se fez ao caminhar, de Francisco Sergio Barreto  & Marluze Pastor Santos – Hall do CCH

18:00 – Exibição fotográfica sobre “Dia da mulher negra latina americana e caribenha”, de José Ribamar Pereira do Nascimento – Hall do CCH

18:30 – Apresentação teatral “Negro Cosme” com o Grupo de Pesquisa Cena aberta – Hall do CCH

Quinta-feira, 17/11/2016

9:00Mesa redonda “Quilombo vive” – CCN, Milson dos Santos Silva, Prof Ms. Maria da Guia Viana (Licenciatura em Ciências Naturais/Campus Pinheiro – UFMA),Prof Dra. Georgiana Márcia Oliveira Santos, mediada pelo Prof Ms. Richard Christian Pinto dos Santos – Auditório Setorial

10:30Mesa redonda “Políticas públicas de promoção da igualdade racial” com os representantes da Secretaria da Educação, Secretaria de Igualdade Racial, Secretaria da Juventude e demais representantes políticos,  mediada pelo Prof Dr. Carlos Benedito Rodrigues da Silva – Auditório Setorial

12:00 – Pausa para o almoço

14:00 – 16:00 – Oficina de capoeira Nando Marley Lima Pacheco, graduando em Educação Física – Auditório A – Mário Meireles

14:00 – Palestra sobre “A inclusão da cultura negra no cenário artístico” com  Produtor cultural e Esp. Raydenisson Sá – Auditório Setorial

15:00 – Palestra com a Ms Maria da Graça Reis Cardoso sobre “A cultura negra como fomento para o Turismo no Maranhão” – Auditório Setorial

16:00 às 18:00 – Apresentação de trabalhos – Auditório Setorial, Auditório A – Mário Meireles, Auditório B – Ribamar Caldeira

18:00 – Exposições Fotográficas sobre “O traços da nossa História” de Adriano Santos, Artur Jordan, Danielle Soares, Jerry Quadros, Polyana Soeiro e Sunshine Santos – Hall do CCH

18:00 – Representatividade do Orixá Ossain com Companhia Balé di Preto – Hall do CCH

18:30Intervenção artística com Lúcia Gato – Hall do CCH

Sexta-feira, 18/11/2016

9:00 –Palestra com a Prof  Ms. Maria da Guia sobre “O Ensino da Cultura Afro brasileira nas escolas públicas” – Auditório Setorial

09:00 –Palestra sobre “Estética negra” com Karla Caroline Rocha graduanda em Serviço Social e idealizadora do grupo Afroculture – Auditório A Mário Meireles

09h00min – Mostra do Documentário: “Quem toma conta dá conta” produzido e dirigido por Denis Carlos – Auditório B – Ribamar Caldeira

10:00Mesa redonda sobre “o terreiro resiste” por líderes religiosos de diversas matizes, Casa Fanti Ashanti com a Yalorixá Mãe Kabeka, Casa Ilê Ashé Ogum Sogbô com o Toy Voduno Airton Golveia, Casa Terreiro de Mina Pedra da Encantaria  com Pai José de Itaparandi,  mediada pela profª Ms. Maria da Graça Reis Cardoso – Auditório Setorial

12:00 – Pausa para o almoço

14:00 às 16:00 Oficina de turbante com Célia Sampaio e o Grupo Afroculture – Auditório A – Mário Meireles

Oficina de tambor com Milson dos Santos Silva, graduando em Ciência da Computação – Auditório B – Ribamar Caldeira

14:00 – Palestra sobre “ A etnia Banto” com Marcelino Mendes Soares, mestrando em Políticas Públicas Cardoso – Auditório Setorial

15:00 – Palestra sobre a “Comida Agudá e as heranças maranhenses”, Profª. Ms. Valdinea Sacramento Cardoso – Auditório Setorial

16:00 – Conferência de encerramento com o Prof. Dr. Acácio Sidinei Almeida Santos Cardoso – Auditório Setorial

 

Programação Cultural em Parceria com o Salão Pedra Rara

Desfile da Beleza Negra; Tambor de Crioula com a Companha MaraCrioula; Banda Café Brasil; Bloco Akomabu & Banda; Grupo Ylúguerê; Deusas de Olorum; Bloco Afro Aruanda – Rua Portugal, Praia Grande

Apresentações de trabalhos

16/11

Auditório Setorial

Eixo Educação das Relações Étnico-Raciais – Coordenação Prof.ª Dr.ª Kátia Evangelista Régis

Eixo Juventude Negra e Hip Hop – Coordenação Prof. Ms. Rosenverck Estrela Santos

Ubuntu e formação de professores  – Ramon Luis de Santana Alcântara

A aplicabilidade da lei 10.639/03 em escolas privadas confessionais no município de Codó – MA – Maria da Assunção Silva Carlos

A utilização do site do Museu Afro-Digital como uma ferramenta de ensino e aprendizagem – Juliana dos Santos Nogueira

A relação  entre trancistas e alunos da rede pública de ensino – Sarah Cristina Pereira da Silva

Projeto Identidade e Educação Quilombola na Unidade de Ensino Fundamental Catucá – Bacabal – MA – Vanderlucia Cutrim de Sousa

Ser africano e negro no Brasil: estudantes africanos na UFMA – Elizabeth Maria Beserra Coelho, Anso Da Silva

Leões que contam histórias: A África, mundo oral e História pós-colonial – Joyce Oliveira Pereira

O Sistema Carcerário como aparelho de segregação racial – Keysse Dayane de Sousa

Auditório A – Mário Meireles

Eixo Ritmos e Identidade – Coordenação Prof. Dr. Carlos Benedito Rodrigues da Silva

Eixo Religiosidade de Matriz Africana – Coordenação Prof. Ms. Christiane de Fátima Silva Mota, Prof. Ms. Gerson Carlos Pereira Lindoso

Serviço Social e Movimento Negro Unificado: um percurso histórico das lutas sociais – Tatiane Nogueira Santos

“Bumba-meu-boi  – no ritmo da cultura popular maranhense: o espetáculo para a comunidade e turistas – Fabia Holanda de Brito

Identidades e religiosidades no Tambor de crioula em Anajatuba MA – Laine Roberta Borges de Araújo,  Laura Raíssa da Guia Sousa, Leonardo Rodrigues Dutra

Tambor de crioula na ilha de São Luis: o pertencimento e a preservação do patrimônio cultural – Camila Alda Farhat Magalhães Souza

Irmandades Negras no Brasil: a Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos – Fernanda Antonia Carvalho Silva

Festa de São Cosme Damião e Educação Popular: saberes e práticas culturais no Terreiro de Santa Bárbara, Bairro do Bom Milagre/São Luís – MA – Carolina Maria Bruzaca Pinto

No tempo de Zé Negreiros: Religião afro-brasileira, sociedade e memória no Maranhão – Reinilda de Oliveira Santos

Tecno-imagem como registro da expressão cultural umbandista na cidade de Coelho Neto – Francisco Ferreira DOS Santos, Grasiele Silva Sousa, Janete Silva de França, Thaynara da Silva de Sousa

Auditório B – Ribamar Caldeira

Eixo Linguagem e Relações Étnico-Raciais – Coordenação Prof. Ms. Richard Christian Pinto dos Santos

Eixo História do Maranhão – Coordenação – Profª. Drª. Pollyanna Gouveia Mendonça Muniz

A Escre (Vivência) em Becos da Memória de Conceição Evaristo – Sarah Silva Froz

Linguagem teatral e o espaço urbano – João Victor da Silva Pereira

Memória e identidade em “América Negra” de Emílio Ferreira – Gilcimara Costa Frazão

A sociedade maranhense na obra O Mulato de Aluízio Azevedo – Luciana da Conceição Cunha Diniz

Cristianismo e Estudos Africanos em Tempos Coloniais (1850-1933) – Raphael Leandro Lopes Diniz

A festa da Atenas Brasileira, marcada na literatura e história maranhense – Luzia Passos Silva

Liberdade, insanidade ou transporte? o suicídio de escravos no Maranhão Imperial (1850-1888) – Carlos Victor de Sousa Ferreira

17/11

Auditório Setorial

Eixo Educação das Relações Étnico-Raciais – Coordenação Prof.ª Dr.ª Kátia Evangelista Régis

A Encantaria em sala de aula: religiões afro-brasileiras e cotidiano escolar no Maranhão – Reinilda de Oliveira Santos

Minha comunidade minha historia – Clarice Morais Araujo

Relações étnico-raciais no contexto educacional – Elisandra Cantanhede Ribeiro e Elizania Cantanhede Ribeiro

A temática da Pluralidade Cultural no currículo da educação pública básica – Felix Barbosa Carreio

Pega em minha mão,vem jogar capoeira: Valores Civilizatórios Africanos e Afro-Brasileiros na Educação Inclusiva – Um relato de experiência – Denilson  Fiuza

Educação sobre relações étnico-raciais em Artes Visuais – Luciana de Souza Matias

Cultura popular maranhense: uma ferramenta pedagógica no processo de ensino-aprendizagem do ensino da Arte – Lisandra Cristina Duarte Teixeira

 Histórico, desdobramentos e resultados do Grupo de Estudos de Temáticas Africanas E Quilombolas do Instituto Rondon Minas, BH,MG – Camila Alda Farhat Magalhães Souza, Mirian Oliveira, Gabriela Rodrigues, Keila Silva,

Camila Souza

Auditório A – Mário Meireles

Eixo Gênero e Etnicidade – Coordenação Profª. Drª. Tatiana Reis e Profª. Drª. Viviane Barbosa

O silenciamento das cantoras de reggae em cds comercializados

em São Luis/MA – Francilene Cardoso

A mulher negra no mundo do trabalho: quantas vezes subjugada? – Rayanne Silva Soares, Luana Pinheiro Silva

Mulheres negras e creche como equipamento social necessário para o enfrentamento das desigualdades de gênero e raça/etnia: um estudo nos bairros da Camboa e Liberdade em São Luís – MA – Brenda Vanessa Pereira Soares

Leitura e leitores sob a ótica de gênero e etnicidade na Baixada Maranhense – Dulce Hirli Costa Almeida; Maria Mary Ferreira

Da casa e da rua: o cotidiano da mulher escrava em São Luís no século XIX – Francinete Poncadilha Pereira

Protagonismo feminino e violência de gênero na comunidade quilombola Saco das Almas, Brejo – Ma – Danielle Pereira Carvalho, Fabiana Teixeira de Souza, Thyarles Soares Lima

Auditório B – Ribamar Caldeira

Eixo Quilombos – Coordenação Profª. Ms. Maria da Guia Viana

Eixo Turismo Étnico – Corrdenação Profª. Ms. Maria da Graça Reis Cardoso

Das narrativas orais à ludicidade do teatro de bonecos: memórias de Santa Rosa dos Pretos em cena – Gleydson de Castro Oliveira

Herança gastronômica africana resistente no Quilombo de Santa Rosa dos Pretos – Tamires de Souza Moura

Vulnerabilidades às DSTs/AIDS entre jovens de uma comunidade quilombola do município de Turiaçu-MA – Raimundo Luís Silva Cardoso; István van Deursen Varga

Resgate histórico-cultural mediante registros fotográficos do povoado quilombola “São Pedro” – Francisco Ferreira dos Santos; Grasiele Silva Sousa; Janete Silva de França; Thaynara da Silva de Sousa

Um olhar sobre a comunidade quilombola da Ilha de São Vicente/Tocantins – Elisson Diego Caravalho Conrado

Turismo Étnico: a viabilidade da atividade no quilombo de

Santa Rosa dos Pretos – Maria da Graça Reis Cardoso; Ludimilla Silveira de Jesus; Tamires de Souza Moura; Maria do Socorro Felix.

14446087_339182403087224_4396464181580982125_n